sábado, 21 de fevereiro de 2009

Sombra à janela

Vale Santiago-Alentejo Dezembro2008

2 comentários:

Duarte disse...

Uma janela à portuguesa...

Que observadora que és! Assim é. Nasci a dois passos dum aeródromo, hoje o aeroporto Sá Carneiro no Porto. Ia por ali de criança para fazer voar os meus modelos de aeromodelismo: algum voou!
Estive três anos na Força Aérea portuguesa como mecânico de aviões. O daltonismo não me permitiu ser piloto, o meu grande sonho. Voei muito mas como acompanhante, e pilotei com algum amigo que sabia que podia deixar-me os mandos nas mãos.
Também tenho essa paixão pelas nuvens, e por tudo o que é natureza.
Obrigado pelas tuas palavras, noto-as afectivas.

Recebe um grande abraço

TMara disse...

muito bela. Pela estética e enquadramento no jogo de luz e sombra captada.